14ª CINEOP TRAZ REFLEXÕES SOBRE PRESERVAÇÃO E EDUCAÇÃO NESTA SEGUNDA

O 14ª Seminário do Cinema Brasileiro: Fatos e Memória segue nesta segunda (10), com apresentação de projetos audiovisuais educativos e debate com realizadores, de dois países, Argentina e Brasil, e quatro estados, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo, seguindo o tema “Potência pedagógica das reflexões feministas e interseccionalidade (classe, gênero e raça)”.

 Além das reuniões da ABPA, o Encontro de Arquivos apresenta os estudos de casos e iniciativas em torno da preservação audiovisual, a partir das 10h: o Diretório Brasil de Arquivos (Dibrarq), o Brazilian Film and Video Preservation Project (BBFVPP) e A Salvaguarda do Patrimônio Audiovisual: Ética, Princípios e Estratégia de Preservação (Iasa-TC 03). 

O último debate da temática Preservação acontece às 15h, com a mesa “A Preservação Audiovisual Frente às Tecnologias Digitais – Estratégias de Acesso”, que se debruçará sobre as formas de difusão trazidas pelas ferramentas digitais, como as plataformas de vídeo sob demanda (VoD) e de streaming, com participação da professora da FESPSP, Fernanda Coelho; da gerente do Spcine, Letícia Santinon; e do coordenador do Lupa, Rafael de Luna Freire. A mediação será feita pela diretora de Comunicação da ABPA, Ariane Gervásio

Na temática Educação, a última reunião de trabalho da Rede Kino dará origem às resoluções finais do XI Fórum da Rede Kino e à apresentação da Carta de Ouro Preto 2019. Antes disso, o debate “Um plano de cinema, um plano de aula (por uma pedagogia decolonial: ensinando a descolonizar sem recolonizar)”, traz a cineasta Dácia Ibiapina e a educadora Shirley Miranda em uma análise sobre a noção de “plano” no âmbito do cinema e no ensino. O encontro acontece às 15h30, com mediação da curadora Clarisse Alvarenga

O encerramento das atividades do 14º Seminário do Cinema Brasileiro: fatos e memória, do 14º Encontro Nacional de Arquivos e do Encontro da Educação: XI Fórum da Rede Kino acontece às 19h, no Centro de Convenções.

 EM EXIBIÇÃO

Ainda tem muita sessão de cinema nesta segunda. O dia começou com o Cine-Escola, com curtas para crianças com idade entre cinco e 10 nos e o longa “Eleições” para adolescentes a partir de 14 anos, no Cine Vila Rica e no Cine-Teatro, no Centro de Convenções. Também partem do contexto escolar os filmes da Mostra Educação, que entram em cartaz às 12h, no Cine-Teatro. Serão 11 títulos, produzidos por educadores, estudantes e cineastas, em espaços formais e não formais de ensino, de três estados – Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

 Curtas tomam conta também da Mostra Contemporânea, na última sessão do Cine Cemig na Praça em 2019. A partir das 19h, serão exibidos “Arara: Um filme sobre um sobrevivente”, de Lipe Canêdo; “Não fique triste, menino”, de Clébson Oscar; e “Quentura”, de Mari Corrêa. Ainda na Mostra Contemporânea serão exibidos os médias “Teko Haxy – Ser Imperfeita”, de Patrícia Ferreira e Sophia Pinheiro; e “Resplendor”, de Cláudia Nunes e Erico Bassi, às 18h, destano Cine Vila Rica.

 O encerramento da 14ª CineOP acontece às 20h30, no Cine Vila Rica, com o filme “O Barato de Iacanga”, de Thiago Mattar, que se apoiou em imagens raras de arquivo, produtores e músicos para traçar a história do Festival de Águas Claras, que, entre as décadas de 1970 e 1980, levou milhares de pessoas a uma fazenda no interior de São Paulo, em um evento que ficou conhecido como o “Woodstock brasileiro”. Foram quatro edições, que reuniram nomes como Gilberto Gil, Hermeto Pascoal, Luiz Gonzaga, João Gilberto e Raul Seixas.

 NOITE AGITADA NA 14ª CINEOP

A 14ª CineOP  comemora a realização desta edição e promove a Noite Antenas para Outros Territórios – Rock. O DJ Pátrida se apresenta a partir das 22h, abrindo espaço para a banda “Texas Radio”. No repertório, clássicos do country, folk e bluegrass e rearranjos de músicas de outros estilos, resultando em um projeto de grande impacto visual, que agrada diversos públicos. Os ingressos para a festa começam a ser distribuídos também às 22h, na bilheteria do espaço.