VITRINES

Experimental, Colorido, Digital, 10 min, 1980

Direção: Rui Vezzaro

Sinopse

Uma viagem dentro do olho humano, levando ao imprevisível o que Júlio Bressane opera em Crazy Love, justamente “uma operação de catarata no olho da linguagem do cinema”. O vidro, simbólico limite ao mesmo tempo visível e invisível, assinala a divisão proposta pela sociedade consumista: de um lado a indiferença dos manequins, melancólicas contrafacções de um ideal estético que nada oferece além da gélida beleza de gestos estudados, armados sobre um universo artificiosamente “kitsch”: do outro lado a multidão imersa em seu cotidiano labiríntico; entre ambos, a dúbia imagem, real/irreal dos reflexos.

Exibições

07/06 | sexta - 19h00

Cine Vila Rica