DE CINECLUBES E COLETIVOS: A EXPERIÊNCIA FOMENTADORA DOS ANOS 70 E 80

Longe do eixo Rio-São Paulo que realizava um cinema industrial nos anos 1970 e 1980, outras capitais do país faziam filmes por meio da produção de coletivos, pequenas produtoras e da produção superoitista. O debate visa discutir o cinema realizado por essa gerações da produção piauiense (do coletivo Grupo Mel de Abelha), goiana (do cineclube Antonio das Mortes) e paranaense (que se deu entorno dos festivais de super-8).

Convidados:
- Dácia Ibiapina, professora de cinema da UNB e cineasta de filmes como O Entorno da Beleza (2012 e Ressurgentes: um filme de ação direta (2014). Foi integrante nos anos 80 do grupo de cinema piauiense Mel de Abelha | DF
- Fernando Severo, professor da FAP/UNESPAR e diretor de filmes como A Luminosa espera do Apocalipse (1979), em parceria com Rui Vezzaro e Peter Lorenzo), Visionários (2012) e Corpos Celestes (2011), em parceria com Marcos Jorge | PR
- Marina da Costa Campos, pesquisadora que desenvolveu uma pesquisa sobre o Cineclube Antonio das Mortes e sua produção cinematográfica | SP

Mediador: Francis Vogner dos Reis - curador Temática Histórica | SP

 

Programação

09/06 | domingo - 16h45

Auditório I – 2º andar – Centro de Convenções