• DEBATE

 

Tema: CRITÉRIOS DE SELEÇÃO: ENTRE A LEMBRANÇA E O ESQUECIMENTO

Fazer a seleção do que vai ser guardado, examinado, duplicado, restaurado, digitalizado, e com qual prioridade, é uma das tarefas mais complexas do cotidiano de um arquivo audiovisual. Soma-se a essa questão o crescimento exponencial da produção audiovisual no âmbito digital. Nessas circunstâncias onde “guardar tudo” é uma tarefa absolutamente impossível, é fundamental aprofundar o debate sobre como adotar critérios e desenvolver as metodologias para uma seleção responsável e embasada

 

Daniela Pinheiro – mestre pela FGV e pesquisadora audiovisuais| RJ

Marco Dreer – preservador audiovisual e consultor da Fiocruz | RJ

Moisés Silva – analista de documentação da Rede Amazônica de TV – Manaus |AM

Rita Marques – curadora de acervos e pesquisadora audiovisual | RJ

 

Mediadora: Fernanda Coelho – curadora da Temática Preservação e professora da FESPSP | SP