Roberta Zanatta – Coordenadora do Núcleo de Catalogação – Instituto Moreira Salles| RJ

26/06 | domingo | 17h15 às 19h15

Local: Centro de Artes e Convenções de Ouro Preto

Carga horária: 2h

Vagas: 100

Faixa etária: a partir de 18 anos


O surgimento e avanço da tecnologia aplicada à recuperação da informação em arquivos digitais tem suscitado discussões e desenvolvimentos desde os anos 90, ou seja, já são aproximadamente 30 anos desde que os primeiros repositórios digitais online foram lançados por museus e centros de pesquisa e documentação.

Essa disponibilização de acervos pode se dar de várias maneiras, na forma de um museu virtual, com exposições e acervo on-line; ou, de portais de livre acesso e pesquisa.No entanto, as dúvidas continuam atuais acercade escolhas sobre formatos proprietários ou livres, quais metadados disponibilizar, modos mais generosos e amigáveis de visualização e navegação. Este workshop pretende apresentar experiências de repositórios digitais voltados para difusão de acervos memoriais, seus mecanismos de funcionamento, manutenção, potencialidades e pré-requisitos técnicos, como a organização, catalogação e escolha dos representantes digitaisdos arquivos e coleções a serem disponibilizados.

CURRÍCULO DA INSTRUTORA

Doutora em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Em dezembro de 2019, sob a orientação de Myrian Sepúlveda dos Santos, defendeu a tese: O legado histórico nacional – memória, difusão e acesso: o caso da Brasiliana Fotográfica. É supervisora do “Núcleo de catalogação” do Instituto Moreira Salles, desenvolvendo atividades ligadas à organização, gerenciamento e difusão de acervos fotográficos. Anteriormente, coordenou a área de Iconografia do Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro (MIS-RJ) e integrou projetos envolvendo organização de acervos fotográficos na Casa de Oswaldo Cruz (COC-Fiocruz) e no Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas (CPDOC-FGV).