Kuaray (Ariel Ortega) e Pará Yxapy (Patrícia Ferreira) destaques do cinema Mbyá Guarani. contam hoje na Roda de Conversa, a partir de 12h, no Hall de Convivência do Centro de Convenções, os desafios que percorreram até aqui e quais caminhos escolheram seguir para a formação que possuem hoje.

“Nós tivemos a oportunidade e o interesse de ingressar no audiovisual e queremos mais pessoas envolvidas, afinal, o que fazemos é divulgar sob o nosso olhar nossa cultura e a luta do nosso povo.” Kuaray (Ariel) é uma das referências quando se fala em cinema indígena e  Pará Yxapy (Patrícia) uma das primeiras mulheres indígenas a dirigir, ela também mostra com seu trabalho a força da mulher na sociedade indígena . Com 15 anos de carreira eles são destaque quando se fala em audiovisual brasileiro.

SERVIÇO

17ª CINEOP – MOSTRA DE CINEMA DE OURO PRETO
22 a 27 de junho de 2022 | Presencial e Online

WWW.CINEOP.COM.BR

LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA
LEI ESTADUAL DE INCENTIVO À CULTURA

Patrocínio Máster: Instituto Cultural Vale

Patrocínio: Cedro Mineração, Cemig/Governo de Minas Gerais

Projeto executado com recurso do Fundo Estadual de Cultura/Governo de Minas Gerais 

Parceria Cultural: Sesc em Minas, Prefeitura de Ouro Preto , Universidade Federal de Ouro Preto,  Instituto Universo Cultural E Casa da Mostra
Apoio:Parque Metalúrgico Augusto Barbosa, Café 3 Corações, Canal Brasil, PMMG
Idealização e realização: Universo Produção

Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais
Secretaria Especial de Cultural / Ministério do Turismo / Governo Federal, Pátria Amada Brasil