CURTAS ENSAÍSTICOS COM IMAGENS DE ARQUIVO NA CINEOP

Além dos curtas experimentais de todas as mostras que compartilhamos aqui, a curadora de curtas da Mostra Contemporânea, Camila Vieira nos convida para conferir os curtas ensaísticos especificamente com imagens de arquivo. Eles fazem parte da mostra contemporânea e podem ser vistos até 7 de setembro. Confira alguns títulos. 

Extratos, de Sinai Sganzerla

Documentário | Colorido | Digital | 8 min | 2019

Reúne imagens de 1970 até 1970 das cidades do Rio de Janeiro, Salvador, Marrakech, Londres, Rabat e a região do Deserto do Saara. As imagens foram feitas durante a ditadura militar brasileira, quando Helena Ignez e Rogério Sganzerla ficaram exilados. Mesmo com o fato das imagens terem sido feitas nos anos de chumbo, o filme é também sobre esperança. 

A Morte Branca do Feiticeiro Negro, de Rodrigo Ribeiro

A Morte Branca do Feiticeiro Negro, de Rodrigo Ribeiro

Documentário | Colorido | Digital | 10 min | 2020

Por meio de um ensaio poético visual, de uma reflexão sobre silenciamento e invisibilização do povo preto em diáspora, em uma jornada íntima e sensorial, Rodrigo Ribeiro construiu este curta com memórias do passado escravagista brasileiro, todas elas em paisagens etéreas e “ruídos angustiantes”. 

O diretor se dedica a temáticas raciais e sociais e também é roteirista e montador. 

Cidade Submersa, de Bárbara Lissa

Cidade Submersa, de Bárbara Lissa

Experimental | Colorido | Digital | 5 min | 2020

O curta é um videoarte que destaca as chuvas de Belo Horizonte e as consequências que elas causam para a cidade, levando em conta à política de canalização da capital mineira. Em 2020, BH teve o mês de janeiro mais chuvoso de toda a história, o que gerou destruição em vários pontos da cidade, deixou dezenas de mortos e pessoas desabrigadas.

Acabaram-se os otários, de Rafael de Luna e Reinaldo Cardenuto

Acabaram-se os otários, de Rafael de Luna e Reinaldo Cardenuto

Documentário | Preto & Branco | Digital | 19 min | 2019

Conta a história de de caipiras que vivem poucas e boas na capital paulista. O filme é um vislumbre longa-metragem perdido Acabaram-se os otários, de Luiz de Barros. O filme é tido como o primeiro longa sonoro brasileiro. Apenas duas imagens em movimentos, registros sonoros e fotos de cena e de de promoção sobreviveram. A partir disso, Rafael de Luna e Reinaldo Cardenuto, desenvolveram uma pesquisa e reconstituição do material para tentar recuperar o que foi o filme original. O trabalho oalia criação artística, preservação da memória do cinema brasileiro e pesquisa histórica.

E no rumo do meu sangue, de Gabriel Borges

E no rumo do meu sangue, de Gabriel Borges

Experimental | Preto & Branco | Digital | 4 min | 2019 

“Aos negros brasileiros, regressar à África espiritualmente.”. Gabriel Borges se apropria de sons e imagens de um novo cinema para construir um novo imaginário. 

SOBRE A CINEOP


A 15a edição da CineOP– Mostra de Cinema de Ouro Preto será realizada em ambiente digital, de 3 a 7 de setembro de 2020 no site www.cineop.com.br. A programação está estruturada em três temáticas: preservação, história e educação. O público terá oportunidade de vivenciar um conteúdo inédito, descobrir novas tendências, assistir a filmes, curtir lives musicais, trocar experiências com importantes nomes da cena cultural, do audiovisual, da preservação e da educação, participando do programa de formação do evento que vai oferecer oficinas, masterclasses internacionais e debates temáticos.

***

SERVIÇO

15ª CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto

3 a 7 de setembro de 2020

Lei Federal de Incentivo

Parceria Cultural: Sesc em Minas e Universidade Federal de Ouro Preto

Idealização e realização: Universo Produção

Secretaria Especial de Cultura | Ministério do Turismo Governo Federal

***

ATENÇÃO:

Como o formato do evento é digital, convidamos você para seguir a Universo Produção/CineOP nas redes sociais para ficar por dentro de tudo o que vai acontecer nos bastidores da CineOP, acompanhar a evolução e notícias do evento, receber conteúdos exclusivos sobre a 15ª edição da CineOP. Canais e endereços:

Na Web: www.cineop.com.br / www.universoproducao.com.br

No Instagram: @universoproducao

No Youtube: Universo Produção

No Twitter: @universoprod

No Facebook: cineop / universoproducao

No LinkedIn: universo-produção

Informações pelo telefone: (31) 3282-2366

Acompanhe o programa Cinema Sem Fronteiras 2020.

Participe da Campanha #eufaçoaMostra